POLÍTICA

Romero sugere que oposição não espere por ele

A expectativa ainda gira em torno da aliança entre Romero e João Azevedo

30/11/2021 08h49Atualizado há 2 meses
Por: Paraíba Todo Dia
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Discrição, essa parece ser a palavra de ordem para o atual momento vivido pelo ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), sobre assuntos referentes a disputa ao governo do Estado para 2022, principalmente no que se refere a que lado seguir. 

Em entrevista concedida ao sistema Arapuan, na manhã desta terça-feira, 30, o ex-gestor municipal, disse que a oposição não deve esperar por sua decisão.

Romero parece não ter pressa, e apesar da pressão do cenário político, se quer estipulou um prazo para bater o martelo.

Perguntado sobre a provável postulação de Pedro Cunha Lima (PSDB) ao governo, ele evitou assegurar apoio ao tucano.

Já sobre aliança com o governador João Azevêdo (cidadania), Romero voltou a manter um discurso cortes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.