JÚNIOR DOS REMÉDIOS

Assaltante de banco que movimentou R$ 20 milhões entre a PB e o RN é preso em Patos

Segundo o delegado, o acusado era um dos criminosos mais procurados no Nordeste.

25/11/2021 16h35Atualizado há 1 semana
Por: Paraíba Todo Dia
Fonte: Click PB
Júnior dos Remédios (à esquerda na foto), preso em outubro de 2018 no Rio Grande do Norte, após fugir do PB1 - (Foto: Polícia Civil do Rio Grande do Norte/Arquivo).
Júnior dos Remédios (à esquerda na foto), preso em outubro de 2018 no Rio Grande do Norte, após fugir do PB1 - (Foto: Polícia Civil do Rio Grande do Norte/Arquivo).

Um assaltante de bancos, que fugiu do PB1 em João Pessoa na fuga registrada em 2018, foi preso novamente por força de um novo mandado de prisão, cumprido nesta quinta-feira (25), após ser liberado do presídio tempos atrás. Valdenor Xavier de Sousa Júnior, de 37 anos, o 'Júnior dos Remédios', foi identificado no Rio Grande do Norte como responsável por movimentar R$ 20 milhões por mês nos dois estados, chefiando roubos a instituições financeiras e a carros-fortes, além de tráfico de drogas. 

Após fugir do PB1, ser capturado um mês depois, em 2018, e depois liberado por determinação judicial, agora o homem foi preso mais uma vez, em Patos, no Sertão da Paraíba. Ele era um dos assaltantes de banco mais procurados do Nordeste. A prisão foi feita em ação conjunta da Polícia Civil da Paraíba, Polícia Civil do Rio Grande do Norte e Polícia Rodoviária Federal.

O novo mandado de prisão decretado foi cumprido pelas equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado da Paraíba (DRACO/PCPB) e da Deicor/PCRN, com o apoio da PRF.

"Era um dos criminosos mais procurados no Nordeste, tendo em vista sua posição na hierarquia do crime, chefiando organizações criminosas que causam grandes prejuízos à sociedade. No Rio Grande do Norte, investigações apontam a participação dele em vários ataques a bancos", disse o delegado Diego Beltrão, da DRACO.

O assaltante foi levado para depor na delegacia e depois encaminhado para uma unidade prisional.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.