CMCG

Líder da bancada cobra providências da Cagepa sobre remendos em asfaltos e falta de água em bairros de CG

Audiência pública foi realizada na última terça-feira (16).

17/11/2021 14h48
Por: Paraíba Todo Dia
Alexandre do Sindicato (PSD), líder da bancada governista da CMCG.
Alexandre do Sindicato (PSD), líder da bancada governista da CMCG.

O vereador e líder da bancada de governista na Câmara Municipal, Alexandre do Sindicato (PSD) cobrou ao gerente regional da Cagepa em Campina Grande, Lucílio Vieira, durante audiência pública proposta por ele, realizada na última terça-feira, 16, esclarecimentos sobre a constante falta d'água nos bairros e também sobre a péssima qualidade dos reparos asfálticos realizados por uma empresa que presta serviço à Companhia.

Segundo o vereador, é difícil compreender o porquê de tanta interrupção no abastecimento, tendo em vista que o volume de água no açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, tem volume satisfatório que atualmente está com a válvula dispersora aberta e distribuindo água a outros mananciais e municípios da região.

"Nós tomamos conhecimento desse problema através de diversos relatos das pessoas que procuraram até as emissoras de rádio para reclamar da constante falta d'água. O motivo dessa audiência é esse problema constante nos bairros de Campina Grande. Eu preciso ter uma resposta objetiva para levar à população. Porque os primeiros que levam as 'pancadas' somos nós vereadores. Não é deputado, governador ou senador. Seja de bem ou de mal, as pessoas falam primeiro dos vereadores, que são os que estão ali perto delas", argumentou.

Na sessão, o vereador ainda criticou os serviços que são realizados pela empresa que presta serviço à Cagepa e que é responsável pelos reparos asfálticos que são feitos após qualquer manutenção feita pela Companhia.

"Os remendos são de péssima qualidade. A Prefeitura asfalta determinada rua, vem a Cagepa, faz um buraco e a empresa não faz um serviço adequado no asfalto. Sempre a gente tem alguma intercorrência no trânsito por conta desses vazamentos e reparos mal feitos. Até as ruas recém pavimentadas ou asfaltados já estão danificadas pelo trabalho da Cagepa", criticou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.