NO AMIGÃO

Campinense bate Guarany de Sobral e leva vantagem para jogo de volta

Matheus Régis, que veio do banco de reservas, marcou nos acréscimos o gol da vitória rubro-negra

26/09/2021 07h41Atualizado há 3 semanas
Por: Paraíba Todo Dia
Fonte: Redação + GE PB
Foto: Samy Oliveira
Foto: Samy Oliveira

Campinense e Guarany de Sobral fizeram um jogo equilibrado e decidido nos detalhes. Ao longo dos 100 minutos de jogo no Amigão, as equipes se alternaram no controle da partida, criando oportunidades que poderiam ter dado a justa vitória a qualquer um. Levou a melhor a Raposa, que viu do seu banco de reservas sair Matheus Régis, que quando tudo se encaminhava para o empate, chamou a responsabilidade e com grande qualidade e técnica, mudou os rumos do confronto.

Além de Matheus, Felipinho, para o Campinense, e Hugo, para o Guarany de Sobral, foram os artilheiros do dia. No jogo de volta, no domingo da próxima semana, no Estádio do Junco, onde o Cacique do Vale possui mais de 90% de aproveitamento nesta edição da Série D, um empate serve para classificar o time de Campina Grande ao mata-mata do acesso após três temporadas. Para os donos da casa, resta vencer por, pelo menos, um gol de diferença para manter vivo o sonho do retorno à Série C do Brasileirão.

Primeiro Tempo

Desde o primeiro minuto as equipes demonstravam que seria uma partida equilibrada. De um lado, o Campinense buscava pelas pontas, com Fábio Lima e Marcos Nunes, penetrar na bem postada defesa cearense. Do outro, o Guarany de Sobral, com Daniel Passira e Hugo, tentavam a todo custo sufocar a saída de bola adversária e jogar no erro do time da casa. As ideias, como sempre, eram boas, mas faltava a execução.

As ideias se encaixaram apenas no fim do primeiro tempo. Aos 35 minutos, Cláudio, que pouco tinha feito até então, recebeu a bola na ponta direita e cruzou forte. Théo, goleiro do Guarany-CE, espalmou para a entrada da área onde estava o lateral-direito Felipinho, que com raiva, soltou o pé. A bola ainda esbarrou em dois defensores antes de cruzar mansamente a linha do gol e abrir o marcador para o time da casa. Porém, o torcedor raposeiro sequer teve tempo de comemorar, pois dois minutos mais tarde, após uma saída de bola tenebrosamente equivocada da defesa rubro-negra, a bola sobrou com Daniel Passira, que com muita calma, apenas rolou para Hugo estufar as malhas do Campinense e empatar a partida. O mesmo Hugo, poucos minutos depois, à lá Zlatan Ibrahimovic, acertou uma bola alçada na área com um golpe de caratê e, por muito pouco, não virou o placar. Terminava alí o equilibrado primeiro tempo.

Segundo tempo

A alternância no controle da partida seguiu para a segunda etapa, uma vez que os primeiros dez minutos do segundo tempo foram de domínio total do time visitante, principalmente nas bolas paradas do meia Brayann, que entrou no time no intervalo. Após o ímpeto inicial, o Campinense voltou a dominar as ações e levou (muito) perigo à meta do goleiro Théo com Dione e Serginho Paulista, no entanto, o placar permaneceu inalterado.

Aos 25 do segundo tempo, no entanto, Ranielle Ribeiro decidiu usar o banco de reservas e lançou Matheus Régis e Anselmo para o jogo. Minutos mais tarde a decisão do técnico viria a ser recompensada, quando o camisa 7, aos 46 minutos, partiu em disparada, driblou três defensores e chutou colocado para recolocar a Raposa novamente à frente do marcador e, com isso, dar uma vantagem, mesmo que mínima, para o seu time no jogo de volta, na próxima semana.

Como fica

Para a partida de volta, que acontece no domingo, 3 de outubro, o Campinense pode empatar por qualquer resultado para se classificar às quartas de final da Série D. Para o Guarany de Sobral, apenas a vitória interessa para manter o time vivo na competição. Caso o Cacique do Vale vença por um gol de diferença, teremos disputas de pênaltis para decidir a vaga. Já em caso de vitória por dois ou mais gols de diferença, é a equipe de Vladimir de Jesus que avança ao mata-mata do acesso à Série C de 2022.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.