COVID-19

Luvas de Michael Jackson vão pagar vacinas na Guiné Equatorial

Acessório avaliado em US$ 275.000 faz parte dos bens confiscados do vice-presidente Teodorin Obiang por corrupção

23/09/2021 10h04
Por: Paraíba Todo Dia
Fonte: CNN

Quase US$ 27 milhões apreendidos do vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodorin Nguema Obiang Mangue, serão gastos em compras de vacinas contra a Covid-19 para o país, segundo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Os bens confiscados incluem veículos de luxo e um par de luvas revestidas de joias usadas por Michael Jackson. O acessório é avaliado em US$ 275.000.

A decisão vem após um acordo de confisco de 2014 entre os EUA eo vice-presidente, que é acusado de adquirir ativos no país com ganhos ilícitos. Obiang, no entanto, contestou as reivindicações.

Desse total, US$ 19,25 milhões serão destinados às Nações Unidas para compra e distribuição das vacinas contra o coronavírus no país centro-africano.

Outros US$ 6,35 milhões serão repassados ​​a uma instituição de caridade com sede nos Estados Unidos “para a compra e distribuição de remédios e suprimentos médicos em toda a Guiné Equatorial”, disse o juiz departamento de Justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.