vai-e-faz_720x90
vai-e-faz_720x90
ABSURDO

Mulher grávida tenta pular pela janela para fugir das agressões do marido

Caso foi em Duque de Caxias; vizinhos filmaram cena e chamaram polícia

15/09/2021 12h09Atualizado há 2 semanas
Por: Paraíba Todo Dia
Fonte: Redação + Correio 24h
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O motorista por aplicativo e soldador Vitor Batista, de 32 anos, foi preso na terça-feira, 14, por agredir a mulher grávida de três meses em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Imagens feitas por vizinhos mostram o desespero de Maria José, de 35 anos, que chega a tentar pular pela janela para fugir das agressões.

Vitor foi levado para a Delegacia de Atendimento à Mulher e disse que tudo não passou de "uma briga de casal".

Maria José disse que os dois estão juntos há quase dois anos e que as agressões são constantes nesse período. Em maio, ela contou que se jogou mesmo da janela do segundo andar, como tentou fazer ontem.

“Ele tinha ciúme e era muito possessivo, não me deixava ir para rua, só para o trabalho. Inclusive perdi meu emprego. No que ele me agredia, eu ficava marcada e não podia trabalhar. Eu inventava desculpas, porque eu ficava dentro de casa”, afirmou a vítima, segundo o G1 RJ.

Na segunda, Maria José fez um bilhete pedindo socorro e jogou pela janela. Na terça, vítima de novas agressões, ela foi para a janela tentar pular. A cena chamou atenção. Os vizinhos acionaram a polícia, que fez a prisão em flagrante. 

A vítima conta que acreditava que o companheiro pudesse mudar. Diz também que sentia vergonha de pedir ajuda. "Só que o tempo continua a agressão, e a ficha vai caindo".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.