vai-e-faz_720x90
vai-e-faz_720x90
NOTA

Defesa de suspeito de atropelar motoboy nega pedido de escolta policial

Expectativa é de que motorista do carro envolvido no acidente se entregue ainda nesta segunda

13/09/2021 17h50Atualizado há 2 semanas
Por: Paraíba Todo Dia
Fonte: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O HC Escritório de Advocacia, que representa a defesa de Ruan Ferreira de Oliveira, suspeito de ser o causador do acidente que matou o motoboy Kelton Marques, em João Pessoa, no último sábado, emitiu uma nota nesta segunda-feira, 13, negando um suposto pedido de escolta policial para que o cliente se apresente espontaneamente à polícia.

Segundo o documento, "o que foi conversado com o delegado titular do inquérito foi aoenas a logística para evitar a exposição a riscos e à integridade física e até a vida de Ruan".

Ainda segundo o escritório - através de nota -, o suspeito "vem sofrendo ameaças expressas nas redes sociais", completa.

Veja a nota na íntegra:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.