vai-e-faz_720x90
vai-e-faz_720x90
Famosos

Juliette chora por peso da fama: 'Não consigo ser como eu era antes'

O documentário acompanha os passos da paraibana logo após ela deixar a casa do "BBB".

28/07/2021 06h19
Por: Paraíba Todo Dia
Fonte: Uol

Qual o preço da fama? A vida de Juliette Freire se transformou da água para o vinho após o "BBB 21". O quinto episódio de "Você Nunca Esteve Sozinha", liberado  pelo Globoplay, mostra a nova rotina da campeã do reality show, que antes de virar um fenômeno conciliava as carreiras de maquiadora e advogada em Campina Grande (PB).

 

O documentário acompanha os passos da paraibana logo após ela deixar a casa do "BBB". Do anonimato, Juliette encontrou um mundo totalmente diferente. A começar pelos mais de 30 milhões de seguidores em uma única rede social.

 

Contratos publicitários, lives — ela nunca havia feito uma live antes —, ensaios para revistas e uma preparação de diva pop para estar com o cabelo arrumado e a maquiagem em dia. Na cena mais emocionante do doc, a ex-BBB chora ao desabafar sobre a nova vida:

 

Não consigo ser amiga como eu era antes, não consigo ser filha como eu era antes. Não consigo ser irmã como eu era... Não consigo ser muita coisa que eu era antes. É um pouco angustiante. Tem uma equipe de muitas pessoas, e cada uma vai cobrar porque é o trabalho dela. O fotógrafo vai cobrar a foto legal, o vídeo vai cobrar um vídeo legal, o doc? a música, uma publicidade. Todo mundo tem o seu pedacinho. Mas todos esses pedacinhos são tirados de mim. Esse é o peso de uma vida artística.

 

Em alguns momentos do episódio, Juliette reclama de cansaço físico. "Meu corpo está pesado" e "como é difícil essa vida de modelo" são algumas das suas queixas. Em uma cena, ela pede dez minutos para dormir um pouco mais, mas precisa acordar para se maquiar. Apesar de tantos compromissos, a influenciadora se diz realizada.

 

Fico com medo de falar a parecer que não estou feliz, que não estou satisfeita. Estou muito feliz e satisfeita. Sou capaz de passar tudo isso de novo por ver o que está acontecendo de positivo na vida de todo mundo, das pessoas sendo respeitadas. Mas eu sei que para isso perco um pouco de mim.

 

Subcelebridade?

Ela reforça que nunca imaginou sofrer uma mudança tão grande depois do programa. Esperava ganhar R$ 200 mil em prêmios e até de levar uma vida como subcelebridade.

 

Eu queria ser uma subcelebridade, fazer algumas publicidades e ser feliz para sempre. Continuaria trabalhando, estudando para concurso? Não cogitei a possibilidade, e se der muito certo?.

 

Nunca enxerguei Juliette como produto"

Antes de entrar no "BBB 21", Juliette deixou as redes sociais sob os cuidados da amiga Deborah Vidjinsky. Em depoimento ao Globoplay, Vidjinsky conta que procurou ajuda de psicólogo para saber como contar a Juliette tudo o que havia acontecido durante o período do confinamento.

 

Nunca enxerguei Juliette como um produto porque ela era minha amiga. Não queria que ela fosse tratada assim, como um produto. Ela estava no auge do programa, e todo mundo queria como se fosse urubu na carniça. — Deborah Vidjinsky, amiga de Juliette.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.