PREPARE O BOLSO

Cesta Básica fica mais cara em 14 capitais brasileiras, no mês de maio

Únicas reduções atestadas no período foram em Campo Grande e Aracajú

08/06/2021 15h05Atualizado há 2 semanas
Por: Paraíba Todo Dia
Fonte: Com Paraíba Online
Foto: Codecom/CG
Foto: Codecom/CG

A Pesquisa Nacional da Cesta Básica, divulgada mensalmente pelo departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos - Dieese - apontou que em 14 das 17 capitais brasileiras o custo médio da cesta básica ficou mais caro no mês de maio.

No mesmo período, a cesta só ficou mais barata em Campo Grande (-1,92%) e Aracaju (-0,26%).

O Dieese analisou, mas não divulgou o custo médio da cesta básica de Belo Horizonte, por mudança na metodologia.

A capital que apresentou a maior alta no mês foi Natal (4,91%), seguida por Curitiba (4,33%) e Salvador (2,75%).

Entre as capitais analisadas, a cesta mais cara foi a de Porto Alegre, onde o custo médio dos produtos básicos somou R$ 636,96.

Em seguida aparecem São Paulo (R$ 636,40), Florianópolis (R$ 636,37) e Rio de Janeiro (R$ 622,76). A cesta mais barata foi a de Aracaju, cujo preço médio encontrado foi de R$ 468,43.

Com base na cesta mais cara, registrada em Porto Alegre, o Dieese estimou que o salário mínimo do país deveria ser de R$ 5.351,11, valor que corresponde a 4,86 vezes o piso nacional vigente, de R$ 1.100,00.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Campina Grande - PB
Atualizado às 22h09
22°
Nuvens esparsas Máxima: 26° - Mínima: 19°
22°

Sensação

11 km/h

Vento

88%

Umidade

Fonte: Climatempo
CM2 300
ALERTA
SINTAB
boa vista 300x250 top
Municípios
Boa Vista 300x250
Últimas notícias
casa bela
Mais lidas
CM1 300
AUTOCAR
atacadao farias