CMCG 970 1
CAGED

Campina Grande apresenta saldo de 1,2 mil postos de trabalho abertos no primeiro trimestre de 2021

Cenário positivo atrai atenção de investidores. Empresas de Call Center ampliam operações na cidade e abrem processo seletivo para preenchimento de 700 vagas

30/04/2021 07h44
Por: Paraíba Todo Dia

O saldo de contratações com carteira assinada em Campina Grande apresentou números animadores no primeiro trimestre do ano. De janeiro a março de 2021, mais de 1,2 mil empregos foram criados na cidade, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério da Economia. 

Serviços é o setor que tem oferecido a maior disponibilidade de vagas (761) no acumulado doano, seguido por Construção Civil (654) e comércio (496), totalizando 1.293 novos postos de trabalho com carteira assinada.

A maioria das vagas foi preenchida por trabalhadores que se identificam com o gênero masculino (764). Já as mulheres ocuparam 529 das vagas abertas no período apresentado.

A faixa etária predominante dos trabalhadores recolocados no mercado de trabalho varia de 18 a 25 anos.

Na avaliação da secretária de Desenvolvimento econômico, Rosália Lucas, os números do CAGED são o reflexo dos esforços empenhados pela Prefeitura Municipal de Campina Grande para atrair investidores para o município. 

“A gestão do prefeito Bruno Cunha Lima tem se destacado pela facilidade em dialogar com 

todos os setores da economia produtiva da nossa cidade. Fator importante para que os investidores continuem investindo na cidade e outros procurem o município para fazer negócio, a exemplo da Havan, gigante do varejo nacional que já está se instalando na cidade”, pontuou Rosália.

Empresas de Call Center investem em Campina Grande e ampliam oferta de vagas. Atualmente empregando mais de sete mil trabalhadores, as duas empresas de Call Center instaladas em Campina Grande (AeC e Orbitall) são unanimes ao destacar as características da mão de obra encontrada no município. 

Segundo Celso Mateus, vice-presidente de operações e transformação digital, Campina Grande dispõe de boa localização, com mão de obra qualificada (por conta das suas diversas instituições de ensino) e mostrou ao longo dos últimos anos, uma verdadeira vocação tecnológica, com iniciativas como o Parque Tecnológico, incubadora de empresas e jovens extremamente estimulados e interessados neste mercado da tecnologia e inovação.

“Além disso, Campina tem uma população maravilhosa e acolhedora que há quase uma década recebeu a AeC de braços abertos e supera dia a dia a expectativas e os desafios do mercado e da AeC”, disse o vice-presidente da empresa.

Da mesma forma, o Grupo Stefanini, que comanda a Orbitall, destaca a qualidade da mão de obra encontrada em Campina Grande, ao mesmo tempo em que afirma que objetivo é continuar investindo na região. 

“o Stefanini escolheu Campina Grande por ser um polo de tecnologia e universitário, o que permite a contratação de mão de obra qualificada e também por possui uma infra estrutura que atende às necessidades dos clientes contratantes, como aeroporto próximo à sede , hotéis estruturados e etc”, frisa Luiz Carlos de Souza Gomes, diretor de operações.

Recentemente as duas empresas anunciaram a abertura de processos seletivos para preenchimento de vagas em contratação imediata, sendo 600 para a AeC e 100 para a Orbitall. 

As inscrições para as seleções devem ser feita por cadastro nos portais das empresas:

www.sou.aec.com.br e https://www.orbitall.com.br/.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários