DRF

Polícia Civil apreende outra carga com cerca de 100 mil carteiras de cigarro em Sumé

O homem preso em flagrante nesta segunda apreensão seria o fornecedor de todo esse material para vários municípios do estado

02/04/2021 09h42
Por: Paraíba Todo Dia

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande, apreendeu mais uma carga com aproximadamente 100 mil carteiras de cigarros, no final da tarde dessa quinta-feira, 1º de abril. A apreensão aconteceu no município de Sumé (PB), em desdobramento da ação policial do dia anterior, em que outras 20 mil unidades do produto foram apreendidas nas cidades de Campina Grande e Boqueirão.

 

O homem preso em flagrante nesta segunda apreensão seria o fornecedor de todo esse material para vários municípios do estado, o que está sendo investigado. A Polícia Civil apura ainda se ele também tem participação no esquema de ‘jogos de azar’, constatado com os notebooks apreendidos na quarta-feira.

 

“É um grupo que pode atuar nessas duas frentes criminosas. A princípio, fica clara a irregularidade no comércio dos cigarros, muito provavelmente um crime de contrabando bem rentável para os suspeitos. Estamos aprofundando as investigações para concluirmos o Inquérito Policial”, disse o delegado Diego Beltrão. 

 

Primeira apreensão

 

Na quarta-feira, 31 de março, a Polícia Civil prendeu um homem em flagrante com cerca de 20 mil carteiras de cigarro, no conjunto Acácio Figueiredo, em Campina Grande. Uma parte do material estava escondida na zona rural de Boqueirão. Um revólver calibre 38 também fo apreendido. 

 

Com esse homem, a polícia apreendeu também cinco notebooks que seriam usados em jogos de azar. Ouvido na delegacia e acompanhado do seu advogado, o suspeito preso na quarta-feira preferiu permanecer em silêncio.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários