Sexta, 19 de Julho de 2024
24°

Tempo limpo

João Pessoa, PB

Política Irregularidades

Em Umbuzeiro: TCE vai apurar uso da máquina pública para contratação irregular de pessoal

Os dados mostram que os contratos por excepcional interesse público eram 207 em janeiro, mas saltaram para mais de 400

02/06/2024 às 18h26
Por: ParaíbaTodoDia Fonte: Ascom
Compartilhe:
Em Umbuzeiro: TCE vai apurar uso da máquina pública para contratação irregular de pessoal

 

Continua após a publicidade

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) vai apurar uma denúncia de uso político da máquina pública por parte do gestor. Conforme a representação, nos últimos meses deste ano, de eleições municipais, o prefeito estaria ampliando ainda mais as contratações sem concurso público. 

Os dados mostram que os contratos por excepcional interesse público eram 207 em janeiro, mas saltaram para mais de 400 em abril. O aumento indica a utilização dos cargos para tentar influenciar na campanha. 

"Há de ser considerado que no corrente ano, tal prática está ainda mais evidente, porque a cada mês o número de pessoas que são contratadas temporariamente é crescente, ensejando até mesmo o entendimento de que a motivação para tal prática seja provocar reflexos ilegais no processo eleitoral iminente", relata a denúncia.


Prefeito aumentou em 271% número de apadrinhados políticos e reduziu efetivos em Umbuzeiro 

Dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE) mostram uma realidade estarrecedora na gestão municipal de Umbuzeiro, no Cariri paraibano. Enquanto a regra constitucional diz que o ingresso no serviço público deve ocorrer através de concurso público, o prefeito Nivaldo Araújo vem abusando de burlar a lei nos últimos anos.

De 2016 para cá ele aumentou muito o número de apadrinhados políticos com empregos na prefeitura sem concurso. Ao mesmo tempo a quantidade de servidores efetivos despencou. 

Conforme o TCE, em março de 2016 eram 71 pessoas comissionadas na gestão. Em 2020 o número subiu para 92 e chegou a 153 em março deste ano. 

Já o número de contratações por excepcional interesse público também registrou grande elevação. Saltou de 77 contratos em 2016 para 397 em março deste ano. 

Somando-se o total de comissionados e contratos por excepcional interesse público (foi de 148 para 550), a prefeitura ampliou em mais de 271% a quantidade de apadrinhados políticos com empregos no município.

Enquanto isso o número de servidores efetivos diminuiu, demonstrando que o prefeito promoveu inchaço na máquina pública com aliados - em vez de ampliar a quantidade de pessoas concursadas. O número de efetivos foi reduzido de 370 em março de 2016 para 283 em março deste ano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
João Pessoa, PB Atualizado às 20h03 - Fonte: ClimaTempo
24°
Tempo limpo

Mín. 22° Máx. 26°

Sáb 27°C 22°C
Dom 27°C 22°C
Seg 27°C 21°C
Ter 26°C 22°C
Qua 26°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes