Sexta, 19 de Julho de 2024
27°

Parcialmente nublado

João Pessoa, PB

Saúde CAMPINA GRANDE

Hospital de Clínicas promove tratamento odontológico especializado e humanizado para pessoas com deficiência

. Em um ano e três meses de funcionamento do serviço, a unidade já realizou o atendimento de 65 pacientes incluídos na condição de PCD

10/04/2024 às 11h11 Atualizada em 10/04/2024 às 12h43
Por: ParaíbaTodoDia Fonte: Da Redação com Secom/PB
Compartilhe:
Hospital de Clínicas promove tratamento odontológico especializado e humanizado para pessoas com deficiência

Pessoas com deficiência de qualquer município paraibano podem ter acesso ao tratamento odontológico especializado e humanizado ofertado pelo Hospital de Clínicas, unidade integrante da rede de saúde do Governo da Paraíba, em Campina Grande. Em um ano e três meses de funcionamento do serviço, a unidade já realizou o atendimento de 65 pacientes incluídos na condição de PCD, quer seja visual, auditiva, motora, mental ou múltipla, provenientes de 30 municípios paraibanos. 

Continua após a publicidade

Para ter acesso ao serviço os pacientes precisam ser encaminhados pelos cirurgiões-dentistas dos serviços primários e secundários, com laudo/encaminhamento, exames hematológicos e laboratoriais e risco cirúrgico. Esse encaminhamento deve ser feito pelos coordenadores de saúde bucal dos municípios diretamente com a Coordenação Estadual de Saúde Bucal. Caso o município não tenha coordenação de saúde bucal, esse encaminhamento pode ser feito pelo Gerente da Atenção Básica ou pelo Secretário de Saúde.

O serviço odontológico especializado realiza dois atendimentos semanais e oferece tratamento para todos os problemas relacionados à saúde bucal, como: exodontia, restaurações, correções de problemas gengivais, remoção de dentes inclusos. De acordo com a coordenadora do setor, Cassandra Gomes, os procedimentos acontecem dentro do bloco cirúrgico, sob sedação, e com a utilização de equipamentos específicos e equipe qualificada.

“Nós temos aqui no HC uma estrutura ideal para promover o atendimento adequado para quem tem necessidades especiais, e para isso é importante o apoio do Governo do Estado na realização desse serviço, a qualificação desse atendimento, a integralidade do cuidado, a humanização, o acolhimento desse paciente e do acompanhante, que é bem diferente de outro acolhimento. Então o HC é hoje exemplo de atendimento e acolhe a demanda de todo o estado. Queremos possibilitar ao paciente especial não colaborativo a oportunidade de receber tratamento odontológico humano e de qualidade, proporcionando conforto e saúde,” pontua. 

A dona de casa Aparecida Barbosa, mãe do paciente Kaliel Asafe, de 6 anos, fala da melhoria no bem-estar do filho após a cirurgia. Eu nem sabia que existia essa cirurgia e fiquei até admirada, porque eu achei que por ele ser uma criança autista teria que levar pra o dentista e passar por todo aquele sofrimento de ter que segurar e forçar, e foi aí que o dentista de Queimadas me informou. Antes da cirurgia, Kaliel nem se alimentava, porque todos os dentes dele estavam estragados, parecia que estavam se esfarelando. Depois da cirurgia, ele tem outra qualidade de vida, começou a comer comida de panela, mastigar, não tem mais infecção, então, assim, foi só melhora na vida dele e na minha,” relatou. 

O coordenador estadual de Saúde Bucal, Marcilio Araújo, explica que o serviço especializado atende a uma preocupação da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e agora será regionalizado, sendo ampliado para demais regiões da Paraíba.  “Nós, enquanto coordenação estadual de saúde bucal, tínhamos essa preocupação em relação aos pacientes com deficiência que necessitam de atendimento odontológico em ambiente hospitalar, sob anestesia geral. Essa também era uma preocupação da Secretaria, que vinha constantemente recebendo a solicitação do atendimento. Iniciamos no HC, com uma equipe de dentista especialista em pessoas com deficiência, juntamente com o bucomaxilo, o auxiliar de saúde bucal e o anestesista. E temos a preocupação de levar esse atendimento às outras macrorregionais, então o Governo do Estado abraçou essa causa, e a Secretaria vem trabalhando nessa proposta de regionalizar os serviços, levando para a 3ª Macrorregião de Saúde, lá em Sousa, no Hospital Regional, e na 1ª Macro, no Hospital Regional de Mamanguape,” detalha. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
João Pessoa, PB Atualizado às 17h03 - Fonte: ClimaTempo
27°
Parcialmente nublado

Mín. 22° Máx. 26°

Sáb 27°C 22°C
Dom 27°C 22°C
Seg 27°C 21°C
Ter 26°C 22°C
Qua 26°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes