MOBILIDADE

Quatro linhas de ônibus vão suspender circulação a partir do sábado em Campina Grande

Razão, segundo o Sitrans, é a total insustentabilidade das linhas, cuja remuneração tarifária sequer cobre os custos da operação.

06/05/2022 06h15
Por: Paraíba Todo Dia

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Campina Grande (Sitrans) encaminhou ofício à Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) na última quarta-feira, 03/05, alertando para a situação crítica de insustentabilidade de quatro linhas, cuja remuneração tarifária sequer cobre os custos da operação, um quadro que fere o contrato para prestação do serviço.

Trata-se das linhas 903-B (São José da Mata), 910 (Jenipapo) e 902 (Estreio -Salgadinho) que são operadas pelo Consórcio Santa Maria, além da linha e 955 (Galante), operada pelo Consórcio Santa Verônica. No documento, o Sitrans ressalta que, diante de tais condições, o serviço será paralisado a partir do próximo sábado, dia 07.  

“Torna-se completamente inviável a exploração de linhas deficitárias, sem a devida compensação tarifária, o que implica no flagrante desequilíbrio da equação econômico-financeira do contrato de concessão e, consequente, no descumprimento do que restou estabelecido no contrato público de concessão”, afirma. 

“Pelo que, comunicamos a nossa decisão de suspender a exploração de tais serviços a partir do dia 07”, alerta o Sitrans no ofício, que até o momento não recebeu resposta oficial da STTP.

Conforme o sindicato, um outro problema que agrava o atendimento das linhas é a ação do transporte clandestino, o que ocorre, segundo o Sitrans, sem que o Município adote as medidas de enfrentamento que seriam da sua atribuição e obrigação.

“As concessionárias sofrem cotidianamente com a concorrência ilegal, desleal e predatória, do flagrante transporte ilegal, o qual atua diuturnamente nas citadas linhas, sem qualquer tipo de fiscalização eficiente por parte do poder concedente”, ressalta o documento.