EM CAMPINA GRANDE

Polícia prende um dos acusados de matar mestre de obras

Acusados são apontados como autores de outros delitos na cidade.

15/01/2022 11h27
Por: Paraíba Todo Dia
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande prenderam o primeiro suspeito de assassinar o mestre de obras João Alves da Costa, em 31 de dezembro, na Avenida Assis Chateaubriand.

Na terça-feira (11), o delegado Demétrius Patrício concluiu os trabalhos de investigação e com base em imagens de câmeras de vigilância e no relato de testemunhas, conseguiu identificar dois suspeitos de terem praticado o latrocínio. O primeiro e já preso, tem de 24 anos e foi detido na tarde de ontem, no bairro do Distrito dos Mecânicos. O segundo suspeito, de 20 anos, segue foragido, mas já teve o mandado de prisão expedido pela justiça.

De acordo com o delegado, os dois acusados também são apontados como autores de outros delitos na cidade, entre eles, assaltos à mão armada, resultando em vítimas fatais.

RELEMBRE O CASO 

João Alves seguia de moto, durante a noite, quando foi abordado pelos bandidos ao parar no semáforo. Além de roubar a motocicleta e o dinheiro do trabalhador, os criminosos também atiraram contra a vítima, que acabou não resistindo.