EM JOÃO PESSOA

Mulher é encontrada morta e sobrinha suspeita do companheiro da vítima

Acusado afirma ter sido uma morte natural.

13/01/2022 13h14Atualizado há 1 semana
Por: Paraíba Todo Dia
Fonte: Notícia Paraíba
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma mulher, identificada como Maria de Fátima, de 56 anos foi encontrada morta dentro de casa no bairro do Geisel, em João Pessoa. O companheiro dela afirma que a morte foi natural, mas uma sobrinha da falecida questiona e acusa o homem de ter assassinado a própria mulher, que foi encontrada deitada de bruços em cima da cama. O caso aconteceu na última quarta-feira (13). 

De acordo com a sobrinha da vítima, Sidneya das Graças, embora o companheiro tenha dito que a tia dela morreu durante a madrugada, o homem só comunicou sobre a morte cerca de seis horas depois. “Uma agente de saúde que é nossa amiga passou em frente a casa deles às 9h da manhã e ele falou de forma bem natural que ela tinha morrido de madrugada. E se ela morreu durante a madrugada, porque ele demorou tanto pra avisar que minha tia estava morta?”, questionou.

Sidneya ainda afirmou que o relacionamento da tia com o homem era bastante conturbado, já que ele seria uma pessoa muito violenta, inclusive chegando a agredir Maria do Socorro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a Polícia Civil foram acionados e, segundo a perícia, a vítima, de fato, havia morrido há mais de seis horas. O suspeito foi levado para a Central de Polícia, onde o caso será investigado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.